Entre os dias 5 e 18 de fevereiro, os participantes receberão duas perguntas por dia no aplicativo.

O aplicativo Guiabolso lançou uma campanha na qual pagará até R$ 1.500 dos 10 principais usuários em um teste financeiro. Entre os dias 5 e 18 de fevereiro, os participantes receberão duas perguntas por dia no aplicativo.

Para participar, você deve baixar o aplicativo, inserir seus dados bancários e acessar a guia “Guia”. As perguntas se concentrarão em curiosidades sobre finanças e gastos dos usuários. As perguntas terão pesos diferentes, portanto, mesmo aqueles que perdem uma pergunta podem recuperar os pontos. Os vencedores serão anunciados no dia 20 de fevereiro, por inscrição e por email.

Imagem: Twitter

O usuário pode escolher o ingresso que será pago, desde que chegue a R$ 1.500. O bilhete pago não precisa estar no nome do participante.

Guiabolso lançou a campanha para incentivar os usuários a usar o aplicativo com frequência no início do ano. Este é o momento mais difícil para pagar as contas, sem reação financeira após o Natal e despesas como a compra de material escolar e IPVA.

“Após 12 meses de uso do aplicativo, os usuários estão começando a investir em média 1.400 reais e 60% estão melhorando sua pontuação de crédito depois de três meses”, disse Thiago Alvarez, fundador da Guiabolso.

Lançado em 2014, o aplicativo Finanças Pessoais possui 5 milhões de usuários e recebeu 215 milhões de reais em cinco ciclos de investimentos. O aplicativo lista os hábitos financeiros das pessoas e dá dicas sobre como usar seu dinheiro através da inteligência artificial. De acordo com um relatório produzido pela KPMGe pela H2 Ventures, a plataforma é uma das 100 fintechs mais inovadoras do mundo.

As contas que tiram o sono

A fatura do cartão de crédito é a conta que leva mais sono para quase metade das pessoas, de acordo com uma pesquisa do Guiabolso de 2.154 usuários. Então vem o aluguel ou o pagamento de um financiamento imobiliário que diz respeito a 14% dos habitantes.

Imagem: Guiabolso

Em 2018, as pessoas gastavam em média 2.661 reais por mês com uma fatura de cartão de crédito, 584 reais por mês com água, energia elétrica e IPTU e 286 reais por mês com televisão, internet e telefone.